Arquidiocese de Londrina celebra 170 anos da Infância e Adolescência Missionária


A tarde deste domingo foi especial para crianças e adolescentes que participam dos grupos da Infância e Adolescência Missionária (IAM) nas paróquias da Arquidiocese de Londrina (PR). Cerca de 150 pessoas marcaram encontro na Concha Acústica e seguiram a pé até a Catedral de Londrina. Os integrantes dos grupos amarraram fitas coloridas nos braços e levaram faixas durante a caminhada. Eles se uniram a outros fiéis que já estavam na igreja e participaram juntos da celebração que lembrou os 170 anos da Obra da Infância e Adolescência Missionária.

A Obra fundada na França se espalhou pelo mundo com a intenção de que as próprias crianças pudessem evangelizar. O coordenador da Infância Missionária na Arquidiocese de Londrina, Edson Roberto Rodrigues, afirmou que, aproximadamente, 1.200 crianças de 4 a 12 anos participam dos 60 grupos espalhados pela cidade. "É criança evangelizando criança. Elas ajudam a propagar as mensagens do amor de Deus nas conversas com os amiguinhos no dia a dia", destacou.

Nos encontros semanais em cada paróquia, meninos e meninas são incentivados a pensar sobre assuntos do cotidiano, aprendem a economizar para ajudar o próximo e têm lições de solidariedade. Entre os participantes do grupo da Capela São Domingos Sávio, na região oeste da cidade, estão os irmãos Rafael e Nicole Luppi Santos, com 6 e 4 anos, respectivamente. "A gente brinca bastante", disse Nicole empolgada enquanto se preparava para segurar uma das fitas para a entrada da Bíblia na celebração.

A mãe, Renata Serrano Luppi, não escondia o orgulho dos filhos. Além da dupla, o filho mais velho de 9 anos também participou da missa. "É algo a mais na vida das crianças. Elas recebem uma formação diferente e aprendem lições de igualdade para respeitar as diferenças. As crianças oram pelas outras que não têm o que comer e o que vestir", explicou Renata que também é integrante do grupo.

Além das crianças, os adolescentes também auxiliam nos trabalhos. Os irmãos Alexia e José Marcos Medeiros, de 16 e 13 anos, respectivamente, contaram que gostam de ajudar os mais novos. "Nós voltamos a participar neste ano e é muito bom passar a palavra de Deus para os outros", garantiu Alexia.

O arcebispo de Londrina, dom Orlando Brandes, ressaltou que as crianças trazem os pais para as celebrações e reforçam em casa os ensinamentos que aprenderam nos encontros na igreja. "Eles têm no coração a semente para tornarem-se crianças missionárias e isso é muito bonito. É uma lição para os adultos", destacou rapidamente dom Orlando minutos antes da celebração.

Os eventos que lembram o aniversário da Infância Missionária são realizados desde maio deste ano. "Já fizemos pedaladas, atividades sobre reciclagem e momentos de oração", contou o coordenador do movimento na arquidiocese, Edson Roberto Rodrigues. O calendário de comemorações termina no dia 19 de maio do ano que vem, quando o movimento completará 171 anos.

Viviani Costa

Comentários

  1. Missa linda. É muito bom, saber que a IAM, é tão forte assim ....

    ResponderExcluir

Postar um comentário