IAM da arquidiocese de Brasília abre ano de atividades


A Infância e Adolescência Missionária (IAM) da arquidiocese de Brasília (DF) realizou no domingo, 23 de fevereiro, um encontro para marcar a abertura dos trabalhos da obra no ano 2014. O encontro aconteceu na Capela São Carlos Borromeu, paróquia Bom Jesus do Migrante, em Sobradinho (DF).

As crianças chegaram logo cedo e depois de um lanche foram se preparando para o Bate-Latas e o Terço Missionário. No bate-latas foram visitadas as famílias nos conjuntos mais próximos da capela.

A parte da manhã foi encerrada com a Hora Santa Missionária, um momento único para começar o ano onde pedimos por todas as crianças do mundo e por todos os missionários. Thalita Gomes, de 8 anos partilhou: “Pedi pelo meu avô que não anda a dois anos pois tenho fé que Jesus pode curar ele”. A adolescente Thaís Santos de 12 anos completou: “foi muito bom porque no silêncio podemos parar e adorar Jesus que é o nosso Rei”.

Depois do almoço houve palestras sobre a IAM e os padroeiros com trabalhos em grupo divididos de acordo com os continentes. Com o tema, cada grupo preparou uma apresentação ou paródia para expor para todos.

A missa de encerramento foi celebrada pelo secretário nacional da Pontifícia Obra União Missionária, padre Jaime C. Patias. Na homilia o padre destacou o convite que a Palavra de Deus nos faz à santidade. "Sede santos como eu sou Santo". Destacou ainda o recado de Jesus para amar a todos sem distinção, inclusive os nossos inimigos. Pediu que cada um olhasse onde deveria melhorar, em casa, na escola, na comunidade, em todo o lugar. Recordou ainda um pensamento do papa Francisco sobre a Eucaristia, onde afirma que não é um prêmio para os bons, mas remédio para os pecadores.

Na missa ganhou destaque também a entrada do quadro peregrino de Santa Terezinha do menino Jesus trazido pela Irmã Sônia, da congregação das Carmelitas Missionárias de Santa Terezinha que celebram o Ano Vocacional Missionário da Congregação. O quadro está percorrendo todas as casas da onde as Irmãs estão espalhadas pelo Brasil.


Irmã Sônia estava muito alegre em levar o quadro no encontro da IAM, pois até o ano passado era coordenadora diocesana da IAM em Paranavaí (PR) e só deixou pois a congregação a chamou para acompanhar o quadro pelo Brasil.

Depois da bênção teve um lanche partilhado e todos voltaram para suas comunidades. Assim, as atividades da IAM em 2014 na Arquidiocese de Brasília começaram.

Michael Douglas Amaro de Jesus
IAM da província Eclesiástica de Brasília (DF)

Comentários