IAM de Fortaleza realiza Escola de Formação e Animação Missionária


A Infância e Adolescência Missionária (IAM) da Arquidiocese de Fortaleza (CE), realizou no dia 11 de abril, no Centro de Pastorais Maria Mãe da Igreja, a Escola de Formação e Animação Missionária (EFAM). De acordo com o calendário da IAM de Fortaleza, a EFAM é realizada no segundo sábado do mês, sempre sobre uma temática diferente. No mês de abril o tema foi a “Importância do Amor de Deus”.

A proposta do tema foi aprovada na assembleia da IAM ocorrida em dezembro de 2014 e planejada com o objetivo de promover a seguinte reflexão: a missão de todo batizado é levar o amor de Deus as pessoas. Mas como o missionário pode levar o amor de Deus sem se sentir verdadeiramente amado por Deus? Nesse sentido, o encontro deu ênfase à área integrada da espiritualidade missionária, acolhendo cada um dos 91 participantes com um coração com a frase “o amor de Deus é maravilhoso” e uma carta de amor de Deus, totalmente inspirada na Bíblia, conforme o trecho abaixo: “Diante dos seus inimigos sou seu escudo. Pode contar comigo sempre pois não foi você que me escolheu, mas eu que escolhi você. Eu busco por você como o pastor busca a ovelhinha perdida. Eu não vim salvar os bons, mas os que necessitam do meu amor”.

Com a motivação de que o missionário tem que ter os pés e o os olhos na realidade, o coração e os ouvidos na Palavra de Deus e as mãos estendidas para o irmão, seguindo o exemplo de Jesus: “Eu vim para servir”, a EFAM de abril partiu da espiritualidade para o compromisso missionário, convidando pessoas que dedicam tempo para levar o amor de Deus aos irmãos.

A primeira convidada, Maria das Graças Lobo, educadora aposentada relatou que participa do Coral Canto em Canto, que leva música, alegria, carinho e oferta material (alimentos, roupas, brinquedos, material de limpeza e higiene pessoal) a idosos e crianças mantidos em entidades carentes. Além da sua participação no coral, Graça também direciona um horário semanal para acompanhar um grupo de adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social acolhidos em uma abrigo onde aguardam adoção ou reinserção na família ampliada.



Mostrando que a fé sem obras é morta, a segunda convidada, Tâmara Lima, apresentou o Projeto Abraço de Pai, criado por um grupo de amigos com desejo de proporcionar alegria para crianças carentes de duas entidades. “As crianças ficam felizes quando voltamos para visitá-las, sabemos seu nome de cor e demonstramos que sentimos saudades”, relatou Tâmara.

As crianças e adolescentes, coordenadores da IAM, bem como seus assessores, participaram fazendo perguntas para as convidadas. A assessora Irmã Waltânia, que trabalha como cuidadora em um abrigo deu testemunho sobre a importância do amor de Deus manifestado por meio de visitas missionárias.

Todas as orações, citações bíblicas, letras das músicas, explicação de dinâmicas e uma relação de entidades carentes sugeridas para visita foram impressas e entregues a todos os 91 participantes, representantes de 15 paróquias da Arquidiocese de Fortaleza.

Comentários