Formação na Diocese de Erechim anima caminhada da IAM


O encontro de formação para novos Assessores da Infância e Adolescência Missionária (EFAIAM) da Diocese de Erechim (RS) aconteceu nos dias 11 e 12 de junho, na sala de reuniões do Seminário Nossa Senhora de Fátima, assessorado pela Equipe de Coordenação Diocesana da Infância e Adolescência Missionária (IAM). Fizeram-se presentes 20 pessoas, representantes de seis paróquias, nas quais já estão trabalhando com a Infância Missionária e vão iniciar o  trabalho com grupos de Adolescência e Juventude Missionária.

O momento formativo iniciou com a irmã Cristiane Bisolo, coordenadora diocesana da Obra, que apresentou  tema 'História e Carisma da IAM', sendo que foi destacado: as obras que formam a Pontifícia Obra Missionária, a saudação missionária, a história e o carisma.

Em seguida, padre Jóssi Golebiewski, assessor espiritual diocesano da IAM, explanou sobre a Espiritualidade Missionária. O sacerdote questionou quais são as motivações que me levam a evangelizar, que espírito me anima, que espírito anima minha vida?

Ao retornar do almoço, a secretária diocesana da IAM, Rosângela Picolo Tormen, apresentou o Perfil do/a Assessor/a da IAM, abordando: os protagonistas da obra são as crianças e os adolescentes. Carolina Niespodziewany, tesoureira diocesana da IAM, apresentou os 12 Passos para implantar a IAM.

Depois do lanche, a Irmã Isaulene Sampaio Azevedo, vice-coordenadora diocesana da IAM, explicou a Metodologia da IAM. Após a explicação, os participantes foram divididos em quatro grupos, conforme as áreas estudadas. Depois da preparação dos encontros, seguindo os passos próprios, foi realizada a socialização da construção dos encontros como enfoque para crianças.

O domingo, 12, iniciou com a oração do terço missionário, dinamizado pelos novos assessores de Campinas do Sul. Em seguida, foi retomada a metodologia da IAM, tendo como público os adolescentes.

Em seguida, foi trabalhada a Psicopedagogia da IAM, pela Irmã Cristiane Bisolo. Ainda, Carolina Niespodziewany trabalhou o ELMI/ELMA. Destacou que esse encontro acontece quando já há uma certa maturidade nas crianças e/ou adolescentes e adesão à Obra Evangelizadora.

Posteriormente, deu-se a organização prática de cada integrante por paróquia, elencando os quatro primeiros passos a serem dados a partir do EFAIAM, tendo presente que tem paróquias que irá iniciar a missão junto aos adolescentes e os que se preparam para assumir o trabalho com a Juventude Missionária. A Equipe de Coordenação Diocesana da IAM colocou-se a disposição para apoiar o trabalho em cada paróquia e convidou os presentes para participarem do EFAIAM II que se realizará nos dias 25 e 26 de junho, na diocese.

Depois foi realizada a avaliação do encontro destacando: boa acolhida, bem organizado todo o EFAIAM, a integração e a animação dos participantes e a presença de jovens, a alegria de ser da IAM; os assessores tiveram domínio do conteúdo, foram amáveis, prestativos, bem organizados, usaram linguagem clara.  Foi sugerida a realização de um encontro com todas as crianças e adolescentes da diocese, visitas da Equipe de Coordenação aos grupos de IAM nas paróquias e tentar fazer a formação concentrada num único dia.

A celebração de envio foi dinamizada por um grupo de participantes permeada pelo envio dos discípulos à missão e com a presença do Padre Jóssi Golebiewski. Foram abençoados os crucifixos e entregues aos participantes, juntamente com o Kit de Formação e os certificados do EFAIAM.

Houve muito aprendizado, animação missionária, fortalecimento da fé e comprometimento de aplicar os conhecimentos nas comunidades.

Irmã Cristiane Bisolo,
Coordenadora Diocesana da IAM

Comentários