Header Ads

#GotasMissionárias: Como fazer para que as crianças entendam o verdadeiro sentido do Natal?


Estamos já muito próximos do Natal e as crianças talvez estejam animadas com as viagens que faremos para a casa dos familiares, para encontrar com os primos e para ganhar os presentes que o “papai Noel” vai trazer no dia 25. Como fazer para que elas entendam o verdadeiro sentido de todas essas festividades e não deixem passar em branco o nascimento de Jesus?

Estamos sempre aprendendo nessa vida. Mas, na medida em que vamos crescendo e vamos nos tornando mais responsáveis pelos demais, nos cabe também o dever de ensinar, de transmitir aquilo que fomos aprendendo ao logo da nossa vida. Assim acontece com os pais, que precisam educar seus filhos, com os sacerdotes que têm a missão de pastorear seu rebanho e tantas relações humanas nas quais um transmite algo e o outro recebe.

Nesse contexto de ensinar, existe uma frase que diz o seguinte: “Ninguém dá aquilo que não tem”. Ou seja, para poder transmitir algo para alguém, é preciso que antes eu possua esse “algo”. E o contrário dessa frase também parece ser verdadeiro, ou seja, eu só dou aquilo que possuo.

Pensando de novo nas crianças, elas vão receber aquilo que os mais velhos ao redor dela possuem. Se no seu entorno as pessoas estão mais ocupadas em comprar os presentes para todos os familiares do que em preparar com carinho o presépio por exemplo, as crianças vão entender que a prioridade nessa época está nos presentes e não em Jesus.

Por isso o testemunho é tão importante. Rezar em família a novena de Natal, separar um tempo para com elas armar bem o presépio, contar historinhas sobre Maria e José que estavam esperando o nascimento do menino Deus. Dar-se o tempo de mostrar que o mais importante do Natal está em Jesus.

As crianças têm o coração aberto, simples. Estão muito dispostas a acolher o que os maiores têm para oferecer, seja bom ou seja ruim. O esforço de transmitir os valores mais importantes da vida para a nova geração é uma responsabilidade enorme dos que já são mais maduros. Assim a fé em Jesus vem sendo transmitida de geração em geração desde a época dos apóstolos.

Sejamos portanto nós os primeiros a sermos evangelizados, a sermos pessoas de fé, de Deus, para assim poder seguir transmitindo essa fé viva para a nova geração que parece muitas vezes confusa (Será que não é porque nós mesmos estamos confusos?) e com dificuldades de se encontrar com Deus.

Jesus ama as crianças, assim como no Evangelho, hoje Jesus continua repetindo “Deixai que as crianças venham a mim”. Ele quer que nós não impeçamos que as crianças se aproximem dele, como muitas vezes o fazemos se nós mesmos estamos longe de Deus.

Que nesse Natal todas as crianças possam se encontrar com Jesus que nasce frágil como elas. E que os mais velhos, que já se encontraram com Ele, possam ser essa guia, essa luz no caminho para que as novas gerações não se percam no caminho da vida.

Ir. João Antônio Johas Leão
FONTE: Portal A12

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.