Header Ads

CAM 5: Um dos desafios é ser Igreja "decididamente missionária"


Concluiu-se neste sábado, dia 14, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, o 5º Congresso Missionário Americano (CAM 5). Desde a tarde da última quarta-feira (11/07) mais de 2.500 missionários de 24 países, entre eles o Brasil, se reuniram para falar dos desafios da Igreja.

Um dos desafios é ser Igreja “decididamente missionária”, não se fechar em suas atividades e trabalhar “para transformar as estruturas de morte e corrupção, de tanta violência”.

Objetivo do CAM 5 - O objetivo geral do CAM 5 é fortalecer, nas Igrejas das Américas, a identidade e o compromisso missionário Ad Agentes, anunciando a Alegria do Evangelho a todos os povos, com particular atenção às periferias do mundo de hoje, a serviço de uma sociedade mais justa, solidária e fraterna.

Este ano, a temática do congresso foi: “A Alegria do Evangelho, coração da missão profética, fonte de reconciliação e comunhão” e o lema “América em missão, o Evangelho é Alegria”. Nesse contexto, foram discutidas formas de avivar a fé, com renovado compromisso missionário para que a Alegria do Evangelho, como anúncio querigmático, dinamize a vida missionária de nossas Igrejas no continente.

Enviado do Papa - Presente o enviado especial do Papa Francisco para o CAM 5, cardeal Fernando Filoni. Num do seus discursos chamou a atenção para a necessidade de enfrentar o problema da falta de vocações missionárias com “uma generosa disposição de partilha de missionários entre as Igrejas mais ricas e as mais pobres”, além de deixar-se “tomar por um profundo e generoso amor a serviço das comunidades mais privadas do anúncio do Evangelho”.


O Brasil no CAM 5 - Presente entre outros no CAM 5 o diretor nacional das Pontifícias Obras Missionárias (POM), padre Maurício da Silva Jardim, que integra a delegação brasileira. Ouça sua mensagem:



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.