Header Ads

EUROPA/ESPANHA - Novo alarme dos missionários sobre o abuso de milhões de crianças na América e na África


Em vista do Dia da Infância Missionária 2012, celebrada na Espanha, no domingo 22 de janeiro, os missionários espanhóis que trabalham na América e na África lançaram um alarme sobre maus-tratos, abusos e pobreza que milhões de crianças sofrem nos dois continentes. Dentre estes Irmã María Jesús Hernando, Superiora Geral das Irmãs do Santos Anjos da Guarda, engajada com sua congregação em vários países da América Latina, e Pe. Manu Osa, religioso engajado no Congo, contaram sua realidade.

Irmã Hernando cuida de meninas e jovens sem família ou em dificuldade e evidenciou o triste estado de pobreza em que vivem num pequeno espaço de 6 metros quadrados, nas favelas brasileiras.

Pe. Manu Osa relatou sua experiência no continente africano, onde os mais vulneráveis são as crianças, particularmente na República Democrática do Congo. O país, isolado das guerras, só este ano registrou mais de 5 milhões de mortes. O missionário também acrescentou que na capital, Kinshasa, cerca de 50 mil crianças vivem nas ruas e são vítimas de violência, droga e delinquência, e não recebem qualquer assistência social. A eles, se acrescentam outros 120 mil meninos-soldado alistados em milícias na África Subsaariana.

Para fazer frente a esta realidade, cerca de 15 mil missionários espanhóis espalhados em todo o mundo recebem ajudas da Igreja espanhola, mesmo encontrando graves dificuldades para receber o apoio dos governos locais. 

FONTE: Agência Fides - 24/01/2012

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.