AMÉRICA/BOLÍVIA - Cerca de 20 mil crianças abandonadas pelos pais e 800 mil trabalhadores



Na Bolívia, existem 20 mil crianças totalmente abandonadas por suas famílias, e a maior parte provavelmente está alojada nos centros de acolhimento familiar. Além disso, 800 mil menores trabalham para ajudar economicamente suas famílias.

Segundo a associação Educación Radiofónica de Bolívia (ERBOL), rede de rádio e instituições populares de inspiração cristã que lidam com a comunicação educativa em favor da população do país, 70% das crianças e adolescentes bolivianos sofrem vários tipos de violência.

Para enfrentar estas situações de emergência, o Servicio Departamental de Gestión Social (Sedeges) e o UNICEF lançaram recentemente o "Vivo mi niñez y adolescencia con buen trato", com o objetivo de conscientizar a população sobre a urgência eliminar todos os tipos de violência contra esta vulnerável faixa da sociedade. O Sedeges tem 16 centros de acolhimento em todo o país, que hospedam crianças e adolescentes abandonados, órfãos ou que sofreram abuso físico e psicológico.

FONTE: Agência Fides - 18/05/2012

Comentários