Header Ads

ÁFRICA/RD CONGO - Desnutrição e violências contra crianças inocentes e a população de Goma



Ontem, 4 de junho, celebrou-se o "Dia Internacional das crianças inocentes vítimas de agressões", promovido pelas Nações Unidas. Os menores e toda a população do Kivu do Norte sofrem muito o clima de tensão causado pelos grupos armados presentes no país que, sem distinção, se tornam responsáveis de violências contra mulheres e crianças, além de homicídios.

Muitas pessoas fogem de medo e nas periferias de Goma foram criados campos de refugiados: em quatro dias chegaram 15 mil pessoas, a maioria idosos, mulheres, crianças e os socorristas demoram a chegar. Além disso, a guerra nos arredores de Goma reduziu muito a chegada de produtos agrícolas, com o conseqüente aumento de preços.

"A situação dentro da cidade de Goma, é tranquila, os alunos prepararem as provas de fim de ano, mas no Centro Dom Bosco não comem mais, visto que o Programa Alimentar Mundial (PAM) reduziu drasticamente a distribuição de alimentos por causa da falta de recursos", lê-se na nota de Pe. Piero Gavioli, da obra salesiana de Goma-Ngangi enviada à Agência Fides por Ans.

O Centro Dom Bosco recebeu até agora 18 meninos e uma menina ex-soldado que eram hóspedes no Centro Transitório de Orientação (CTO), gerido pela Caritas em Rutshuru, a 80 km ao norte de Goma, porque traumatizados pelas experiências vividas. Com a ajuda de um psicólogo estavam recuperando uma certa serenidade, mas os tiros e morteiros dos combates os colocaram novamente em crise e o diretor da Caritas pediu aos salesianos para hospedá-los, na espera do fim dos combates.

FONTE: Agência Fides - 04/06/2012

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.