Header Ads

AMÉRICA/MÉXICO - 60% das crianças que trabalham deixam a escola


No México, 60% das mais de 3 milhões de crianças trabalhadoras deixam a escola. Segundo dados de Inclusão Profissional da Secretaria de Trabalho e Previsão Social (STPS), correspondem a mais de 1,8 milhões de menores.

Dentre as propostas avançadas durante o IV Encontro Internacional contra o Trabalho Infantil, foi proposta uma lei para aumentar a faixa de idade a partir da qual se pode trabalhar, e colocar em condição os jovens de terminar pelo menos o ensino médio. As crianças que iniciam a trabalhar precocemente têm reduzidas as perspectivas de desenvolvimento pessoal e familiar. Ao contrário, estudar lhes permite aumentar as possibilidades de sair do círculo da pobreza e consequentemente, melhorarem as próprias condições de vida.

FONTE: Agência Fides - 05/08/2013

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.