Header Ads

Assessores e coordenadores da IAM da Diocese de São Miguel Paulista se encontram em formação


No último domingo, 04 de agosto, cerca de 40 coordenadores e assessores da Infância e Adolescência Missionária (IAM), representantes de oito paróquias da Diocese de São Miguel Paulista, em São Paulo (SP), se reuniram na Comunidade Santa Luzia, da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, em Guaianases, para um dia de formação e partilha.

Pela manhã, os participantes refletiram sobre os 170 anos de fundação da Obra e o perfil do coordenador e assessessor. O momento foi encerrado com o testemunho da assessora na Paróquia de Santa Teresa, Dirce Alves. "Tia" Dirce, como é conhecida entre as crianças e assessores, tem 68 anos e a 20 assessora grupos na Diocese de São Miguel Paulista. "Tenho um amor muito grande por Jesus e pela Missão e é, por Ele, que, mesmo com dificuldades, continuo evangelizando. O sucesso ou fracasso dos nossos grupos depende de nós assessores: se não formos apaixonados pelo que fazemos, não vamos conseguir contagiar nossas crianças.", comentou a assessora.

No período da tarde, os adolescentes coordenadores que participaram do 3º ERIAM (Encontro Regional da Infância e Adolescência Missionária), no mês de julho, em Joanópolis, partilharam sua experiência e conduziram a oficina "Brincadeiras Missionárias".

"Nosso objetivo é partilhar algumas brincadeiras, muitas delas, que nós, crianças nem brincamos ou conhecemos e mostrar para cada assessor que nunca se pode perder o espírito de criança", explicou Giovanna Giullien, coordenadora da IAM na Paróquia de Santa Tereza, dando início às atividades. Em seguida, os assessores brincaram de roda, cabo de guerra, pularam corda e amarelinha e tiveram que montar um quebra-cabeça. As brincadeiras foram adaptadas com o intuito de mostrar a realidade das crianças e adolescentes do mundo e o carisma da IAM.


O último momento foi reservado para a partilha. Cada paróquia apresentou um histórico da sua caminhada. Além disso, os assessores que participaram da Jornada Mundial da Juventude, partilharam sua experiência no Rio de Janeiro. "Era uma multidão de jovens de línguas, raças e costumes diferentes, que rezava, cantava e fazia silêncio para ouvir o Papa. Foi uma festa missionária!", partilhou Ana Maria, assessora na Paróquia de Santa Verônica Giulliane.


Rodrigo A. Piatezzi
Assessor de Comunicação da IAM/JM
Coordenador Diocesano da IAM em São Miguel Paulista

Confira mais fotos:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.