AMÉRICA/MÉXICO – É preciso deter o fenômeno das crianças mendicantes


Na cidade de Durango, centenas de pessoas “trabalham” nas ruas vendendo mercadorias de todo tipo ou pedindo esmolas. A maior parte são menores, utilizados por seus pais para “comover” as pessoas e ganhar dinheiro mais fácil.

As autoridades competentes da cidade estão controlando a situação para impedir a exploração das crianças, que é crime. Os organismos atuam através do programa Promesa, graças ao qual foram recuperadas 132 crianças que trabalhavam nas ruas. Infelizmente, o fenômeno não tende a se reduzir, mesmo porque as pessoas continuam a dar esmolas e é frequente que os menores voltem às ruas, fugindo da tutela das autoridades e dos estudos. 

Os riscos que correm vivendo e esmolando nas ruas são muito mais elevados do que o dinheiro que podem arrecadar, e muitas vezes são vítimas de incidentes ou agressões de adultos.

FONTE: Agência Fides - 30/08/2013

Comentários