IAM na diocese de Crateús (CE) realiza encontro de formação para assessores


O Centro de Pastoral da diocese de Crateús, localizado na cidade de Crateús (CE), acolheu nos dias 27 e 28 de setembro, mais um encontro de formação para assessores da Infância e Adolescência Missionária (IAM). A programação contemplou reflexões sobre a história, o carisma, a metodologia, o perfil do assessor e os doze passos da IAM. A iniciativa reuniu 18 pessoas que durante os dois dias tiveram oportunidade de aprender mais sobre a Obra.

Para Estefânia Lima, que faz parte da equipe estadual da IAM, o encontro foi muito importante para ajudar no trabalho dos grupos presentes na diocese, “pois a troca de experiências entre os participantes se torna de extrema importância para a caminhada e reforça o carisma além-fronteiras”. Além de Estefânia contribui na assessoria a Irmã Ana Paula Guimarães, que também faz parte da equipe de coordenação da IAM no Ceará. A religiosa motivou o grupo a participar do encontro regional de aprofundamento missionário a realizar-se em Fortaleza, de 22 a 24 de novembro, com assessoria do secretário nacional da IAM, padre André Luiz de Negreiros.

Na sexta-feira à noite, os assessores participaram da novena em honra a padroeira das missões, na comunidade de Santa Terezinha em Crateús, onde existem cerca de 100 crianças que participam da IAM. No local também tiveram a oportunidade de conhecer o Memorial de Santa Terezinha criado em janeiro de 2012 por ocasião dos 40 anos de sacerdócio de dom Jacinto Brito, bispo de Crateús na época e atual arcebispo de Teresina (PI).


Além da parte formativa, os assessores também avaliaram o momento como algo positivo que vem para contribuir e cada vez mais impulsionar a caminhada da Obra nas paróquias da diocese. O grupo até se animou em acolher o próximo encontro de aprofundamento missionário na diocese o próximo ano. Com essas iniciativas de formação a diocese de Crateús retoma o ardor missionário e impulsiona o trabalho com os pequenos grandes missionários.

Com informações da IAM no Ceará.

Comentários