#FalaSério: “Crianças de chumbo”: projeto educativo para menores contaminados pelo mineral


Os habitantes da favela de Puerto Nuovo, no distrito de Callao, no Peru, convivem com situações de risco, contaminados pelo chumbo e prejuízos ambientais causados pela estocagem e o transporte do mineral para o porto. Um comunicado divulgado pela Ans aponta que na periferia da cidade, a Fundação Dom Bosco no Mundo está realizando um projeto educativo denominado “Niños de Plomo” (Crianças de chumbo), que permite cerca de 80 crianças e adolescentes intoxicados pelo chumbo receber suporte e ajuda na leitura, na comunicação, nas matérias lógico-matemáticas e nos laboratórios psicopedagógicos.

Os jovens completam os estudos utilizando programas e jogos virtuais para o raciocínio e atividades de alfabetização em uma sala de computadores. Também participam de laboratórios de música e dança que lhes permitem melhorar o desenvolvimento físico, mental e emotivo. A maior parte dos menores que participa do projeto tem níveis de chumbo no sangue de 10 a 19,9 microgr amas por decilitro, índice considerado altamente perigoso pelas autoridades médicas.

FONTE: Agência Fides - 27/02/2014

Comentários