#GotasMissionárias: A mãe no coração dos pequenos


Chegamos ao mês de maio com muita expectativa, durante o qual damos uma atenção especial à nossa mãe do céu. E como integrantes da Infância e Adolescência Missionária (IAM), olhamos para ela como aquela missionária do Pai que é modelo de todos os missionários e missionárias. A criança que vive integrada na IAM sabe muito bem o quanto Maria é importante na história da salvação.

O 10° compromisso da IAM nos lembra que ela é mãe de verdade e por isso está presente em nosso coração: "tornar Nossa Senhora, a mãe de todos os povos, conhecida e amada".

Mãe de todos os povos
Maria teve dois momentos muito importantes na sua vida: na Anunciação o sim para se tornar mãe de Jesus e no calvário o sim para ser mãe da Igreja, acolhendo a palavra de Jesus que a convidava a levar o apóstolo João consigo. Na pessoa de João estava sinalizado cada um e cada uma de nós. Foi a partir daí que ela se tornou mãe de todos os povos, raças e continentes (cf. Jo 19, 25-27). Assim ela é como uma grande porta que se abre para acolher a todos, a começar pelos mais pequenos: agricultores, operários, pescadores, menores abandonados, sem-terra e sem-teto.

Mãe especialmente das crianças
De todos, os que Maria mais ama, sem nenhuma dúvida, são as crianças. Uma mãe como ela não pode deixar de se preocupar com os pequenos. É isso que nós afirmamos quando cantamos o hino da Infância: "mãe de Jesus e das crianças, que mais precisam do nosso amor, acolhe a todas sob o teu manto, guia-nos sempre para o Senhor".

Cooperação espiritual das crianças
Esse carinho que Maria tem pelos pequenos também nos envolve. Um carinho que passa por nossas mãos e por nossos lábios, de onde brota nossa cooperação missionária com as crianças do mundo inteiro. Toda criança que está na IAM e vai percebendo, pouco a pouco, como é possível e importante dar as mãos uns aos outros. Em primeiro lugar ela descobre que tudo se torna mais fácil, quando se trabalha em grupo. E em segundo lugar vai descobrindo a importância da comunhão e da força espiritual através da oração, não só a Maria mas também aos santos missionários nossos protetores: São Francisco Xavier e Santa Terezinha do Menino Jesus.

Mãe de missionários e missionárias
Assim como Maria preparou Jesus para ser missionário, ela prepara a criança missionária. Ela é mãe, mestra e guia em todos os momentos. Nela vemos a perfeição da generosidade e do serviço (cf. Lc 2,1-7). Modelo de escuta porque acolhe, em seu coração, o anúncio do mensageiro de Deus (cf. Lc 1,26-38).

A partir do exemplo de Maria, que parte para servir à sua prima Isabel, cada criança descobre como é o caminho da missão (Lc 1,39-45). Assim como Maria, as crianças da IAM são abençoadas e benditas cada vez que vão ao encontro dos mais necessitados.

Pe. Manuel Aparecido Monteiro (Néo)
Missionário da Consolata.

FONTE: Revista Missões - Maio 2004

Comentários