#FalaSério: Trabalho infantil, perigoso e prejudicial para o crescimento físico e mental


Segundo as cifras oficiais, no Paraguai cerca de 436 mil crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos são usados para vários tipos de trabalho, numa população total de quase 7 milhões de pessoas. Destes, 96% desempenha trabalhos perigosos. 

Além disso, 211 mil menores entre 5 e 13 anos trabalham, mesmo não tendo a idade mínima de 14 anos prevista no Código da Infância e da Adolescência. A Organização Internacional do Trabalho (OIT) considera urgente erradicar o quanto antes todo tipo de trabalho infantil que ‘priva as crianças de sua infância, de seu potencial ou de sua dignidade e é negativo para seu desenvolvimento físico e mental’.

FONTE; Agência Fides - 18/06/2015

Comentários