Header Ads

#GotasMissionárias: Ser criança hoje


"Criança feliz, feliz a cantar, alegre a embalar seu sonho infantil".... A tarefa de fazer acontecer o sonho de felicidade de quem tem direito a ser feliz cabe a todos nós. Mas ao que parece, ainda está longe de tornar-se realidade. Basta olharmos para a dor de muitas famílias, sem rumo e sem lar. Que a fome e a morte perambulam pelas ruas de muitas cidades e muitos outros lugares fazendo vítimas, não temos dúvida. Perante isso ficamos perplexos, mas não desanimados.

Ei! Escuta o grito dos pequenos!
Mesmo que em muitas instâncias da sociedade não se tenha ainda o hábito de escutar as crianças, suas opiniões e apelos, elas continuam gritando e expressando o que pensam e o que sentem. Um exemplo disso aconteceu no Fórum Mundial Infantil, convocado pela ONU, realizado em 5 de maio de 2002. Crianças representantes de quase todos os países do mundo fizeram suas reivindicações e apresentaram suas propostas. Em seu manifesto exigiram um mundo adequado para elas, porque desse modo será adequado para todos.

Vítimas indefesas
Enquanto a história continua sua caminhada se cometem as mesmas atrocidades de sempre. Onde há guerras são as crianças as principais vítimas. Basta olharmos para a Guerra do Iraque. Ela já dizimou um número incalculável de crianças. Até quando as crianças continuarão a ser vítimas inocentes por conta da insensibilidade, da indiferença e dos desmandos dos adultos?

Os sonhos
É evidente que estão faltando leis mais rígidas que protejam as crianças contra toda forma de abuso e desrespeito. Mas falta também seriedade das autoridades para fazer cumprir as que já existem. E faltam também programas específicos para a recuperação das crianças maltratadas. Elas são por natureza sonhadoras e por isso sonham ver os líderes mundiais resolvendo os conflitos por meio do diálogo. Sonham ver as crianças refugiadas, vítimas da guerra, voltarem às suas casas. Sonham ver a eliminação do comércio de armas que acaba envolvendo crianças na guerra, "crianças soldados". Elas precisam de ambiente para sorrir e cantar porque nelas se espelha o rosto de Deus. As crianças do mundo inteiro são capazes de ser solidárias, de compartilhar alegrias e tristezas. A luta de uma é a luta de todas.


A Infância e Adolescência Missionária faz a diferença
A Infância e Adolescência Missionária (IAM), com 172 anos de fundação, oferece caminhos e estratégias para resgatar sonhos de solidariedade que contribuem para a felicidade das crianças do mundo inteiro.

A principal finalidade da IAM é promover a ajuda e a partilha em favor das mais necessitadas. "Repartir nossos bens com os que não têm, mesmo a custa de sacrifícios" (3° Compromisso da IAM). A IAM é capaz de suscitar o espírito universal missionário na comunidade e nas crianças que dela participam. Deus salve e abençoe as crianças do Brasil!

De todas as crianças do mundo, sempre amigas.

Pe. Manuel Aparecido Monteiro (Néo)
Missionário da Consolata
FONTE: Revista Missões - Outubro 2004

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.