Header Ads

Papa se solidariza com as crianças migrantes e refugiadas


Quatrocentas crianças refugiadas provenientes das zonas em guerra viajaram de trem da Calábria, no sul da Itália, no sábado, 28 de maio, até o Vaticano para encontrar o Papa e falar com ele. Este é o objetivo da iniciativa “Trem das Crianças”, organizada pelo Pontifício Conselho para a Cultura, que já chega à quarta edição. As crianças, que vivem em centros de acolhida, e já enfrentaram uma longa viagem em busca de esperança, chegaram das escolas da Calábria onde acontece uma verdadeira integração.

Antes do pronunciamento do Santo Padre, o Cardeal Gianfranco Ravasi, Presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, explicou sobre o objetivo da vinda das crianças ao Vaticano: encontrar o Papa e entregar-lhe uma carta.

O Papa respondeu abertamente às perguntas das crianças, falando sobretudo sobre a importância de se respeitar a diversidade e promover a integração. Todos nós, todos, somos diferentes, diversos, mas também todos somos iguais porque somos irmãos. Mas, há um perigo: as crianças são obrigadas a fugir da sua terra, com seus pais e famílias, por causa da guerra, da fome... Pegam grandes barcos e correm tantos perigos, sobretudo o de não chegar ao destino devido aos naufrágios”, afirmou o Papa Francisco.

Com informações da Rádio Vaticano

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.