Header Ads

Congresso da IAM da Diocese de Petrópolis


Cerca de 300 crianças e adolescentes participaram, no dia 29 de outubro, do Congresso da Infância e Adolescência Missionária (IAM) da Diocese de Petrópolis (RJ), na Paróquia Santo Antônio, Alto da Serra. O encontro contou com a presença do assessor eclesiástico, Padre Ludemir Leonardo Teodoro, que junto com o pároco do Alto da Serra e decano do Decanato São Pedro de Alcântara, Padre José Celestino, deu inicio ao encontro com oração, manifestando a alegria pela presença das crianças e adolescentes.

Padre Ludemir explicou que o encontro diocesano acontece uma vez por ano e tem por objetivo ressaltar no coração das crianças a experiência missionária que toda batizado é chamado a viver. Ele disse que é fazer com que as crianças e adolescentes possam viver o lema da Infância e Adolescência Missionária que é tornar Jesus conhecido e amado. “Queremos despertar no coração das crianças o desejo de ser missionário para levar Jesus a todas as pessoas”.

A coordenadora diocesana da Infância e Adolescência Missionária, Elizabeth Gonçalves Gonzalez, disse que este trabalho com as crianças acontece há muito tempo na Diocese. “É importante que as crianças e adolescentes tenham conhecimento de que pelo batismo ele é missionário. Ele é um missionário ligado a sua comunidade mais com os olhos voltados para o mundo”.

O encontro foi encerrado com a missa, presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Gregório Paixão, OSB e concelebrada pelo Padre Celestino e assistida pelo Diácono Sérgio Gonzalez. Em sua homilia o bispo incentivou as crianças a darem testemunho de Cristo em suas famílias e nos ambientes onde vivem. “Vocês crianças e adolescentes são muito importantes para a Igreja e para o trabalho missionário, pois devem nos ajudar a levar o Cristo a todas as pessoas”.

Dom Gregório Paixão disse que o trabalho da Infância e Adolescência Missionária é muito bonito e importante, pois faz com que Cristo seja conhecido por outras crianças. “A Igreja conta com vocês, pois vocês tem muito mais tempo para evangelizar que nós adultos”, afirmou o bispo diocesano fazendo uma referência a idade.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.