Crianças da Comunidade São João Batista conhecem a IAM



Neste sábado, dia 01 de setembro, foi realizado o primeiro encontro de apresentação da IAM para as crianças da comunidade São João Batista – Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, da Diocese de Campina Grande/PB. O encontro tinha como objetivo tornar conhecida a IAM para as crianças e continuar as reuniões para implantá-la na Paróquia.

A metodologia da IAM
A Infância e Adolescência Missionária têm um método de trabalho e de formação próprio, chamado de Quatro Áreas Integradas. Isto significa que cada tema, cada assunto, é trabalhado em quatro perspectivas diferentes, porém integrados, que interagem:
- realidade missionária;
- espiritualidade missionária;
- compromisso missionário;
- vida de grupo.

É importante acrescentar que a perspectiva, em todos os momentos da vida da IAM, deve ser missionário-além-fronteiras, ou seja, deve alimentar-se e crescer na solidariedade espiritual e material com todos os povos do mundo. Na paróquia, na escola, na comunidade, na vida social... Os membros da IAM devem tornar presente o mundo inteiro, com suas alegrias, dores e esperanças.

Esta dimensão, voltada para o outro, deve repercutir na espiritualidade dos membros da IAM: uma espiritualidade “samaritana”, que os aproxima dos caídos à beira do caminho, prestando-lhes socorro, derramando sobre eles o óleo da caridade e o vinho da Palavra, acompanhando sua recuperação, fazendo-se realmente próximos, como Jesus se fez próximo de nós e nos deixou o recado missionário: “Vão e façam a mesma coisa!”.

Neste sentido, a escolha das orações, dos cantos, das leituras bíblicas, dos modelos de vida... tudo deve ser coerente com a opção missionária feita.

Ir. Maria Augusta – Assessora da IAM





Comentários