Header Ads

#JMJRio2013: Encontro internacional da JM abre Sede Missionária das POM na JMJ

Jovens peregrinos da Juventude Missionária (JM) provenientes de cerca de 20 países que participam da JMJ se reuniram, nesta terça-feira (23) no Museu Solar do Jambeiro na cidade de Niterói (RJ), para um encontro de intercâmbio e partilha. O encontro inaugurou a Sede Missionária das POM na JMJ. Os mesmos jovens já viveram juntos, entre os dias 16 e 21, a experiência da Semana Missionária em duas paróquias na cidade de São Gonçalo.


Este momento nosso aqui é muito importante. Estamos contentes por este momento de convívio, confraternização e aproximação onde podemos partilhar nosso carisma e espírito missionário como jovens”, afirmou padre Camilo Pauletti, diretor das POM no Brasil ao abrir oficialmente as atividades na Sede.

Que Deus abençoe todos esses dias e nos ajude a continuar animados e acreditando que as obras missionárias são importantes para a vida da Igreja. O Papa nos disse que nós, os diretores e suas equipes nas POM, somos os seus queridos por que somos, no mundo, sal, fermento e fervor levando Boa Notícia de Jesus Cristo”, destacou padre Camilo.

Animado pelos jovens Tiago Scalco e João Guilherme da JM do Brasil, um dos momentos mais fortes foram partilhas e apresentações musicais feitas pelos representantes das delegações presentes. Entre palavras, gestos e canções, num clima de alegria os jovens revelavam seus sonhos. “Vem, sobe na barca... pega o timão e entrega a tua vida à missão”.

Padre Marcelo Gualberto Monteiro, secretário nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé (POPF), coordenador das atividades, dirigiu palavras de acolhida e agradecimentos. “Desde a JMJ de Madri começamos a programar este momento juntos, como jovens ligados às POM”, explicou padre Marcelo. “Hoje estamos realizando este sonho graças ao trabalho e colaboração de muitas pessoas. Queremos fazer desta oportunidade um momento de intercâmbio sobre a realidade dos trabalhos das POM nos nossos países. Essa interação já vem acontecendo desde a Semana Missionária realizada juntos em São Gonçalo. Hoje queremos intensificar essa partilha”, disse e concluiu retomando uma frase do Papa Francisco no seu primeiro pronunciamento ao pisar o solo brasileiro: “Os jovens são a janela do mundo”.

Além do Encontro Internacional da JM, a Sede Missionária das POM na JMJ organizou, no Museu Solar do Jambeiro a Exposição "Maria Mãe de todos os Povos” que reúne cerca de 80 imagens e quadros de Nossa Senhora Padroeiras de diversos países. "Por uma Igreja toda Missionária" é outra exposição que visa mostrar a vocação missionária da Igreja. Haverá ainda momentos de Adoração Eucarística e Espiritualidade Missionária na paróquia São Domingos. Ao mesmo tempo, as POM também estão presentes na Feira Vocacional na Quinta da Boa Vista (Confira a programação).


A assessora da Comissão para Ação Missionária da CNBB, irmã Dirce Gomes, também participou do Encontro e sublinhou a importância da presença das POM na JMJ que tem um tema missionário. “Em nome da CNBB e da Comissão para a Ação Missionária agradeço as POM pela comunhão com a CNBB. Isso contribui para colocar a Igreja no Brasil em estado permanente de missão”, disse a assessora.

Dom Sérgio Arthur Braschi, presidente da Comissão para a Ação Missionária da CNBB marcou presença e deixou sua mensagem aos jovens. “No Ano da Fé temos que transmitir a fé para outros jovens. A fé é um dom que o Senhor nos deu gratuitamente e não podemos deixar de transmiti-la ao mundo que está carente do amor de Deus”, afirmou dom Sérgio. “Recebemos em Aparecida o desafio de sermos, não apenas discípulos, mas missionários”, lembrou o bispo para em seguida recordar o 4º Congresso Missionário Americano e 9º Latino Americano marcado para o mês de novembro na Venezuela.

Participaram também representantes da Infância e Adolescência Missionária (IAM). Irmã Marcela secretária da IAM na Argentina afirmou ser uma bênção de Deus partilhar esse espírito missionária. “Sairemos daqui mais fortalecidos para a missão”, avaliou.

Padre André Luiz de Negreiros, secretário nacional da IAM no Brasil recordou os 170 anos da fundação da IAM. “No Brasil estamos celebrando ao Ano da IAM que concluirá com o 1º Congresso Americano da IAM marcado para o mês de maio em Aparecida (SP)”, explicou. “A IAM é uma única família. Somos a base das POM, pois desde crianças aprendemos a ser missionários na Igreja”, concluiu padre André.


No final da tarde uma missa presidida pelo arcebispo da arquidiocese do Rio de Janeiro, dom Orani Tempesta abiu oficialmente as atividades da JMJ. A missa em Copacabana reuniu cerca de 400 mil pessoas de acordo com a Polícia Militar.

FONTE: POM - 23/07/2013

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.