Header Ads

Crianças e adolescentes da IAM de Limoeiro (PE) testemunham a Missão


De norte a sul do país, nos grandes centros, nas periferias ou mesmo no campo, o envolvimento das crianças e adolescentes na Obra da Infância e Adolescência Missionária (IAM), faz a diferença. Todos os anos os grupos reúnem os confrinhos com as ofertas, resultado de renúncias pessoais e as enviam ao Secretariado nacional da Obra. Algumas enviam também cartinhas ou mensagens por e-mail com relatos surpreendentes. É o que mostra os depoimentos dos pequenos missionários de Limoeiro, município na região do Agreste de Pernambuco, a exemplo de Maria Clara Andrade.

Estou na IAM porque uma colega me chamou. Entrei no grupo com 5 anos de idade e gostei muito. Eu me senti bem e chamei várias crianças pra ir também. Nós vamos visitar idosos e necessitados e eles gostam de nós”.

Motivadas pelo lema: “Criança evangelizando criança”, os pequeninos revelam a alegria de ser missionário(a). Isso contagia outras crianças, irmãos e colegas. É o que nos conta Aline Mariana, de 8 anos. “Entrei na Infância Missionária com 6 anos. O meu irmão Marcelo fazia catequese e lá, muitas vezes, tinha missa. Eu pedi para minha mãe me levar para a missa, mas naquele dia não teve. Então fiquei com Maria no grupo da IAM. Eu gostei muito e desde então continuei indo e os meus irmãos foram também e agora com 8 anos ainda estou no grupo / faço pré-catequese. Os coordenadores Maria, Edina, Luís e Wellysom são minha família e a Infância é minha vida”.

As crianças e adolescentes estão preocupadas com a saúde, com os idosos, com as crianças dos outros continentes conforme expressa o lema: “De todas as crianças e adolescentes do mundo, sempre amigas!” Sobre isso, escreve o missionário mirim, Pedro Luís Mendonça dos Santos. “Essa é a realidade da IAM porque seguimos os passos de São Francisco Xavier e Santa Terezinha do Menino Jesus, Padroeiros das Missões. A Missão nos faz anunciar a palavra de Deus aos enfermos, visitar casas das pessoas debilitadas, asilos de pessoas doentes, levando forças para que não desistam de sua caminhada. Por meio dessa minha pequena história da realidade da IAM eu só tenho a agradecer a Deus por ser um pequeno missionário divulgando a Palavra do Senhor que é o melhor e maior sobre todas as coisas que o mundo oferece. Os missionários da IAM têm como principal objetivo, ajudar e rezar por todas as crianças do mundo da África, Ásia, América, Oceania e Europa para que sigam a Jesus”.

Conforme vemos, o entusiasmo destas crianças de Limoeiro (PE) é um convite para conhecer melhor e participar da IAM nas paróquias.


FONTE: POM - 12/09/2013

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.