#FalaSério: Um menino palestino de 8 anos, vítima de um ataque de Israel, compartilha sua história


Eu estava assistindo TV com o meu primo. Eles atiraram dois mísseis. Eu disse ao meu primo: corre, corre, corre!”, diz Abdel Majed Abu Maraheel, de 8 anos, morador da Cidade de Gaza. Abdel foi ferido em um ataque de mísseis de Israel na semana passada. Ao lado de seu filho no hospital, Mohammed Khaled Abu Maraheel pergunta: “Esta criança tem 8 anos e já passou por três guerras. Quando ele se tornar um adolescente, quantas guerras ele vai ter experimentado?

As crianças estão arcando com o ônus da escalada de violência em Gaza e Israel. Desde o início das hostilidades, segundo dados atualizados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), quase 150 crianças da Palestina já morreram. Dois terços das crianças tinham menos de 12 anos de idade.

Além de dar apoio no terreno para as crianças, o UNICEF reforçou o pedido Conselho de Segurança da ONU ao convocar todas as partes a exercer a máxima e urgente contenção para a proteção de civis – não só para o bem da paz, mas pelas crianças que sofrem o pior dessa violência atual.


FONTE: ONU - www.onu.org.br/

Comentários