Diocese de Montes Claros realiza EFAIAM


A coordenação da Infância e Adolescência Missionária (IAM) da Arquidiocese de Montes Claros, em Minas Gerais, realizou no dia 15 de novembro mais um EFAIAM (Encontro e Formação para Assessores da Infância e Adolescência Missionária), desta vez foi na paróquia São José, na cidade de São Francisco.

O encontro contou com 51 participantes das paróquias de São José e Nossa Senhora Aparecida, da cidade de  São Francisco; Santa'Ana, da cidade de  Brasília de Minas  e  Paróquia Catedral Nossa Senhora das Dores, da cidade de Januária.

O encontro foi iniciado com oração e também foi apresentado todos os presentes, momento feito pelo pároco local, padre Claudisley. Logo após demos inicio aos trabalhos: na parte da manhã tivemos estudos sobre a história e carisma da IAM, sua metodologia e organização, capacitação dos coordenadores de grupos, o ELMI, o perfil do assessor, Espiritualidade Missionária e deu continuidade com a Psicopedagogia das Idades, onde tivemos diversas dinâmicas sobre o conteúdo, onde os participantes interagiram bem e também sobre o cofrinho Missionário sobre o que é e sua importância.

Na parte da tarde tivemos  atividades recreativas e  trabalho de grupos onde foi proposta três perguntas para os participantes  de acordo com a realidade do local  percebida  pela coordenação: 1) Quais as dificuldades de ser missionário e assessor nos dias de hoje? , 2) Catequese  e IAM podem trabalhar juntas e porque?, 3)Quais as dificuldades enfrentadas  na comunidade para desenvolver  o trabalho da IAM?.

Nos grupos os participantes puderam compartilhar sobre os problema encontrados para evangelização na cidade onde moram e sobre as perguntas acima e também fizeram uma pequena atividade que foram colocado os pontos positivos e negativos da formação, onde deu para perceber que todos elogiaram. Em seguida uma plenária foi realizada para exporem sobre as perguntas acima. E um momento de troca de experiências onde cada paróquia presente falou um pouco do trabalho desenvolvido da IAM.

Novamente, a maior dificuldade  encontrada  nas paróquias presentes foi o fato de os catequistas acharem que a IAM veio substituir a catequese, o que foi muito bem repassado e solucionado  pela coordenação  Arquidiocesana da IAM  Montes Claros que  a Catequese e IAM são trabalhos com metodologias próprias, por isso uma não substitui a outra, ambos  devem caminhar juntos  na paróquia, comunidade e até mesmo nas escolas, com o mesmo  objetivo: tornar Jesus conhecido e  amado pelas nossas  crianças  e adolescentes, assim  evangelizando  e ajudando  as  crianças e adolescentes  do mundo.

Os trabalhos foram encerrados com o envio missionário feito pelo paróco local, padre Claudisley, onde o mesmo consagrou as cruzinhas missionárias que junto com o certificados  foi entregue pelo mesmo aos participantes do encontro.

Comentários