Header Ads

IAM promove Pedalada Missionária em Brasília (DF)


A Infância e Adolescência Missionária (IAM) e a catequese da capela São Francisco de Assis, em Vicente Pires, cidade satélite de Brasília (DF), promoveram a 3ª Pedalada Missionária. O evento, realizado no dia 13 de agosto, contou com a participação de cerca de 150 pessoas, principalmente pais, que foram celebrar o dia dos pais com os filhos.

Antes da Pedalada o médico Rodrigo Gurgel, pesquisador da Universidade de Brasília (UNB), fez palestra sobre o barbeiro, transmissor da doença de chagas. O médico falou sobre a doença, como identificar o inseto barbeiro e as formas de prevenção.

Em seguida o padre Wesley Macedo, da paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, celebrou a missa no Taguaparque. A celebração teve a participação de crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos. Os cantos e o salmo foram cantados pelo coral dos adolescentes da IAM da capela São Francisco de Assis.

Ao final da missa, eles apresentaram uma peça teatral sobre o Jubileu da Misericórdia, colocando todos os pais na presença da misericórdia de Deus. Foram entregues terços missionários a todos os pais que estavam na missa. Os terços foram confeccionados pelas crianças da IAM.

Saindo da celebração os participantes da Pedalada seguiram pelo parque de bicicleta, patins e skates, a maioria crianças. A primeira volta no parque foi livre, feita apenas por estes. Na segunda volta, os demais, que estavam a pé, caminhando, se juntaram a Pedalada.

Juntos, todos fizeram cinco paradas para reflexão e oração pelos cinco continentes. Os pontos já estavam marcados por faixas com convite à oração por uma intenção específica e peculiar de cada continente.

Todo o percurso foi feito com animação, ao som de músicas que faziam um convite a cada um ser misericordioso como o Pai, bem como à saída, a missionariedade.

Padre Wesley elogiou a Pedalada Missionária. "Hoje a capela São Francisco de Assis, juntamente com a IAM, realizou uma experiência muito bonita. A importância desta ação missionária é fundamental para nós, porque é assim que devemos ser Igreja. Nós estamos muito acomodados em nossas paróquias, somente mantendo aquilo que já existe. Esta desinstalação, sairmos da nossa paróquia e irmos ao encontro das pessoas, tem que ser algo constante. Convoco a todos, que sejamos missionários, sejamos criativos nessas dinâmicas, nessas propostas missionárias que a Igreja sempre nos impulsiona a viver”

Cibely Maria de Oliveira, da IAM da capela São Francisco de Assis, relatou o que mais gostou no evento. "O que mais gostei da Pedalada Missionária foi a missa no parque, porque as pessoas que estavam caminhando, que não vão à missa, puderam parar e assistir à missa. Acho que as outras paróquias também deveriam fazer este evento para as pessoas ficarem mais perto de Deus”.

Jesusdete Barbosa Júnior, pai de duas crianças da catequese, valorizou a Pedalada Missionária. “A evangelização fora da igreja une as pessoas. Levamos o evangelho ao parque e as pessoas que estão passando prestam atenção, seguem, interagem. Temos que investir mais nesse tipo de evento, trazendo a família toda para participar do evangelho”.

Com informações da IAM, capela São Francisco de Assis


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.