Header Ads

ENCONTROS: Infância Missionária a Caminho


Nosso compromisso, em especial neste mês missionário em que mobilizamos nossas comunidades, é reafirmamos que a Igreja é em sua essência missionária e as crianças e adolescentes são protagonistas para dar continuidade a esta missão.


Participo da IAM desde criança e hoje aos 24 anos tenho uma mente mais aberta e um coração mais apaixonado pela pessoa de Jesus. Alguém me perguntou: "o que você aprendeu com as crianças?". Com elas aprendi que nem sempre precisamos ir de carro para visitar um grupo ou alguém que está doente, a pé muitas vezes é mais significativo; que não precisamos só ler, é preciso dar espaço para que elas mesmas falem sobre a importância de ser missionário; que não precisamos só convidar o padre, é preciso fazer com que ele sinta-se bem acolhido, de início nada melhor do que um abraço e um sorriso, porém é preciso cativá-las sempre; que nem sempre precisamos de numerosos instrumentos para cantar, apenas uma latinha com feijão cru dentro já faz um bom barulho; que precisamos ser amigos e amigas! E que o missionário é alguém que através de suas orações e ações torna-se um cidadão do mundo.

1ª Semana: Realidade Missionária
Tema: A missão de Jesus

Ambiente: Colocar o cartaz da IAM e a imagem do Menino Jesus no meio de um círculo formado por velas nas cores dos continentes. Agradecer á Deus pelo nascimento de tantas crianças e pelas pessoas que preservam a vida.

Motivação: O nome "Infância e Adolescência Missionária" veio de uma devoção existente na França: a infância do Menino Jesus. Por isto surgiu com o nome de "Santa Infância". Rezemos pelos grupos espalhados pelo mundo. Perceber que somos capazes de tornar a vida mais bonita começando a partir de nós mesmos. Desde o batismo somos chamados a sermos missionários e missionárias. Leitura bíblica: Jesus está presente em todos os lugares da terra, quando ainda era criança já mostrava por que veio ao mundo, quando adulto disse: "DEIXEM AS CRIANÇAS VIR A MIM. NÃO LHES PROÍBAM PORQUE O REINO DE DEUS PERTENCE A ELAS" (Lc 18,16). Jesus nos chama para dar continuidade á sua missão, á sermos pescadores de homens (Mc 1,16-20).

Compromissos da semana:
- Pesquisar sobre quem foi Paulo Tchen.
- Pergunte as pessoas da comunidade e de sua família o que significa ser missionário.
- Rezar por todas as crianças e adolescentes que ainda não conhecem á Jesus.

Encerrar com o canto: Amar como Jesus amou, do Pe. Zezinho


2ª Semana: Espiritualidade Missionária
Tema: O que significa ser discípulo de Jesus?

Ambiente: Nos tecidos com as cores dos continentes, estendidos no chão, colocar o nome do Santo Paulo Tchen ou sua imagem e as fotografias das crianças do grupo.

Motivação: Quando Santo Paulo Tchen tinha 19 anos, seu pai foi buscá-lo, mas ele lhe disse: "Pai, eu não lhe pertenço mais, a Igreja me acolheu e me fez crescer, é a ela que eu pertenço. Deus me chama e eu devo segui-lo". A oração nos torna mais próximos de Deus e das crianças e adolescentes espalhados pelo mundo, rezemos em especial por aqueles que são vitimas da fome e da guerra.

Leitura bíblica: (Mc 4,1-9) Para ser semeador é preciso plantar para se colher bons frutos, é preciso praticar o bem. A missão de Jesus é transformadora. O que preciso mudar em mim? O que as crianças e adolescentes esperam de nós? Fazer um momento de silêncio e depois partilhar.

Compromissos da semana:
- Pesquisar quantos são os missionários da sua diocese que estão em missão em outros países.
- Compreender a importância da campanha missionária e da coleta, organizar o grupo em equipes; expor em cartazes a pesquisa.
- Rezar por todas as pessoas que, através da oração e da ação, colaboram para que o trabalho dos missionários se realize em todo o mundo.


3ª Semana: Compromisso Missionário
Tema: Eu também sou chamado

Ambiente: Chinelos formando um caminho, fitas nas cores dos continentes, cartaz com a frase: "Vem e segue-me", imagem de Cristo de braços abertos.

Motivação: Jesus nos chama a segui-lo e anunciá-lo, a ação do missionário produzirá frutos. "Eis me aqui senhor pra fazer tua vontade, pra viver no teu amor". O mundo precisa de nós, somos o presente e o futuro dele.

Leitura bíblica: (Lc 10,25-37). Fazer o bem sem olhar a quem. É preciso amar concretamente. As boas ações devem ser realizadas dentro e fora da Igreja, dentro e fora do grupo, pois a missão deve ultrapassar as fronteiras e as diferenças.

Motivação para o cofrinho: A IAM caminha com passos largos. São pessoas de todas as idades comprometidas com o ardor missionário que a impulsiona. Um dos compromissos da IAM é dar testemunho através de ações. A nossa ajuda é para missão além fronteiras, é uma gotinha no oceano que mesmo tão pequena ajuda á muitos.


4ª Semana: Vida de Grupo
Tema: Viver a alegria de ser missionário

Ambiente: Balões nas cores dos continentes espalhados no ambiente. Imagem de Santa Terezinha do Menino Jesus e São Francisco Xavier ao centro.

Motivação: O discípulo missionário escuta, aprende e anuncia. Neste mês em que comemoramos o Dia das Crianças bem como celebramos a festa da Padroeira do Brasil e das missões renovamos nosso compromisso de discípulos missionários. Procissão de entrada com os símbolos da caminhada (Chinelo, lenço, cartaz da IAM, globo...).

Leitura bíblica: Testemunho missionário do convidado ou convidada. "Ide e fazei discípulos entre as nações" (Mt 28,19). Peçamos a Deus que nos conduza na caminhada.

Oração da Campanha Missionária: "Ó Deus, derramai a vossa bênção sobre a obra da evangelização. Acompanhai vossos missionários e despertai em nós maior solidariedade na partilha da nossa fé com todos os povos, construindo o vosso Reino. Isto vos pedimos por Cristo nosso Senhor. Amém".

Confraternização.

Compromissos da semana:
- Qual será o tema do próximo encontro? Lembrando sempre que todos devem participar. 

Arlane Markely dos Santos Freire
Coordenadora da Infância e Adolescência Missionária-CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.