#FalaSério: Na Colômbia, a cada hora, duas crianças sofrem abusos sexuais


Segundo um recente relatório publicado em Bogotá por ocasião do Dia mundial de prevenção de abusos contra menores, a cada hora, duas crianças sofrem agressão sexual. O estudo, que coleta dados do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, revela que aproximadamente a cada dia, no país, 39 meninas e meninos são vítimas de abusos sexuais, 40% dos quais ocorridos no âmbito de suas próprias famílias.

O documento indica que a desagregação familiar, a falta de comunicação com as crianças ou o fato que são seguidos por outras pessoas quando seus pais trabalham são alguns dos fatores de risco que incidem neste fenômeno.

Segundo estimativas do Instituto de Medicina Legal, 25% dos casos totais de abusos são perpetrados na casa do agressor. As principais vítimas desta chaga são meninas de 10 a 13 anos, com 83% do total dos casos. O presumível agressor é um familiar (41%), ou uma pessoa conhecida (22%). Na Colômbia, onde há mais de 50 anos está em curso um conflito armado, a violência sexual contra crianças e adolescentes tem índices semelhantes à pobreza, a exploração do trabalho e os deslocamentos forçados.

FONTE: Agência Fides - 19/11/2014

Comentários