#FalaSério: Em Marrocos, a dois meses cem mil crianças não vão a escola por causa das inundações


Cem mil crianças marroquinas não frequentam a escola desde o mês de novembro por causa das graves inundações e chuvas torrenciais que atingiram o sul de Marrocos prejudicando gravemente pontes, estradas e infraestruturas. Esta situação obrigou o fechamento de 622 escolas de diferentes graus nas províncias do sul da cadeia do Atlas, áreas desertas, e não acostumadas com tanta água.

No total foram danificadas severamente 1.853 escolas, incluindo as 1.172 escolas primárias. De 20 de novembro a 1° de dezembro houve 47 mortes e um número desconhecido de desaparecidos, por causa de desabamentos ou que foram levados pelas águas.

FONTE: Agência Fides - 19/12/2014

Comentários