#FalaSério: A violência continua afetando sobretudo crianças, adolescentes e jovens em Honduras


Crianças e jovens continuam sendo a camada da população mais vulnerável à violência em Honduras. Segundo a Ong caritativa inglesa Casa Aliança, em relação a 2013, em 2014 foram registradas 21 mortes violentas e assassinatos de meninos, meninas e adolescentes. De janeiro a novembro de 2014 houve um total de 947 casos.

A organização, comprometida em recuperar os meninos de rua na Améria Latina, evidenciou que os homicídios dobraram nos últimos sete anos, passando de 49,3 por mês em 1998 a 83,9 em 2014. Casa Aliança pediu ao Governo para instituir uma verdadeira política pública de segurança humana integral e para rever a estratégia atual para a segurança dos cidadãos. Além disso, pediu às autoridades para fazerem uma limpeza concreta no aparelho de segurança atual, especialmente na Polícia e órgãos ligados ao crime organizado e reforçar as forças policiais no país. No entanto, a Direção Nacional de Investigação Criminal (DNIC) declarou o desmantelamento de mais de 700 quadrilhas criminosas, a apreensão de milhares de eletrodomésticos e 776 perigosas armas de fogo, pistolas, revólveres, fuzis e metralhadoras em 2014.

Além disso, foram confiscados cerca de 1.200 veículos, 462 quilos de cocaína, 2.900 plantações de maconha e mais de 5 mil esterlinas de heroína em embalagens, e outros produtos ilícitos.

FONTE: Agência Fides - 29/12/2014

Comentários