Header Ads

3ª Jornada Nacional da IAM apresenta subsídios


Criada na França no dia 19 de maio de 1843, a Obra da Infância e Adolescência Missionária (IAM) completa 172 anos de fundação. Para marcar essa data, no dia 31 de maio, a IAM em todo o Brasil, celebrará a sua 3ª Jornada Nacional, iniciativa que já vem sendo realizada em vários países.

No Brasil, a Obra conta com mais de 30 mil grupos e a Jornada Nacional acontecerá nas dioceses e paróquias com uma celebração especial que inclui consagração das crianças e adolescentes durante a coroação de Nossa Senhora, entrega do lencinho e do escuto da IAM e a coleta do cofrinho com a oferta das crianças. Para melhor motivar a Jornada, o secretariado nacional da IAM, em Brasília (DF), confeccionou um cartaz e um roteiro para a celebração. O material já foi enviado a todos os coordenadores estaduais e encontra-se disponível, também no site das POM.

Explicação do Cartaz
a) Fundo vermelho: alusivo ao continente americano;

b) Cerejeira amarela: a cerejeira é uma árvore típica do continente asiático e está na cor amarela lembrando a cor que caracteriza este continente. As folhas da mesma formam o mapa do referido continente;

c) Cinco crianças: representam os continentes em oração sendo que a criança da América está no centro para demonstrar o compromisso das crianças de nosso continente com o continente asiático que é o destaque para a Jornada Nacional deste ano;

d) Raios abaixo das crianças: mesclam as cores vermelho e amarelo representado os dois continentes e ao mesmo tempo demonstram a amizade das crianças que ultrapassa todas as fronteiras.

Desejo que a celebração de nossa 3ª Jornada Nacional da IAM, no dia 31 de maio, sirva para fortalecer o carisma de nossa Obra. Sejamos amigos das crianças e adolescentes que mais sofrem no mundo e façam a sua oferta”, afirma padre André Luiz de Negreiros, secretário nacional da Pontifícia Obra da IAM. “O nosso agradecimento a todos os que pertencem a Obra da IAM. Aproveito para convidar aqueles que ainda não a conhecem e não formam parte deste trabalho, em favor da evangelização, a fazer parte dos grupos da IAM existentes em sua paróquia e diocese ou os formem com ajuda do pároco ou catequista”, complementa padre André.

Cofrinho
Motivadas pelo lema: “uma Ave Maria ao dia e uma moeda ao mês”, as crianças e adolescentes da IAM vão juntando suas doações nos cofrinhos. O objetivo é cooperar materialmente com ofertas que são fruto de seus sacrifícios e se destinam para obras voltadas às crianças e para a evangelização. Todos os anos, no final do mês de maio, com a celebração da Jornada Nacional da IAM, os cofrinhos são recolhidos e enviados à sede das POM em Brasília (DF).

Com as ofertas, a Obra Pontifícia da IAM, em âmbito mundial, apoia anualmente quase 3 mil projetos, tais como centros para crianças órfãs, casas de acolhida ou assistência de saúde aos recém-nascidos e escolas infantis. Há também, projetos que visam a formação cristã mediante a construção de salas para o catecismo, publicações religiosas e animação missionária.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.