Header Ads

Casais brasileiros participam do 2º Congresso das Famílias Missionárias do Paraguai


De 12 a 14 de junho, na cidade de Assunção (Paraguai) ocorreu o 2º Congresso das Famílias Missionárias, com o tema: Famílias Missionárias, testemunhas alegres de Jesus Cristo. O evento foi organizado pela Pontifica Obra da Propagação da Fé, com a presença de 900 pessoas oriundas de todas as dioceses do Paraguai.

Também contou com a presença da Irmã Claudia Patrícia, secretária da Pontifica Obra da Propagação da Fé da Colômbia, e de quatro brasileiros representando as Pontifícias Obras Missionárias (POM) do Brasil.

Os brasileiros que participaram são Felipe Gonçalves e Carina Gonçalves, são membros da coordenação diocesana da Infância e Adolescência Missionária da Diocese de São Miguel Paulista, do estado de São Paulo (Regional Sul 1da CNBB), que vivem uma experiência de casal missionário. Felipe e Carina já passaram por todas as etapas das Obras Pontifícias da Infância e Adolescência Missionária (IAM) e da Juventude Missionária (JM) e agora caminham para as Famílias Missionárias.

Da IAM para as Famílias Missionárias
Somos casados há quatro anos, temos 12 anos de caminhada e foi pela IAM e com a IAM que nos conhecemos, namoramos, noivamos, casamos e agora estamos caminhando para implantar as Famílias Missionárias", testemunham Felipe e Carina Gonçalves, da diocese de São Miguel Paulista.

Eles falam também da experiência no Paraguai. “Para nós passar três dias no Paraguai, com pessoas que não conhecíamos foi uma real experiência do Pentecostes. Ao chegar a este país tão simples e com pessoas muito acolhedoras, sentimos que estávamos em casa e que ali Deus habita. Não temos como negar que nossos hermanos vivem e bebem da espiritualidade missionária, que muitas vezes nos falta”, relatam.

Felipe e Carina testemunham também a comunhão estabelecida com as famílias paraguaias. “A cada dia era um aprendizado e uma experiência diferente, pois ia mudando nosso modo de ver e agir pela Missão Universal. Foi assim que aconteceu a unidade, rezando cada um na sua língua e pela mesma causa: os cinco continentes,” partilham.

O casal missionário já se prepara para o eventual envio, em janeiro de 2016, na Missão Fluvial durante 12 dias, e confessam que “nossos corações já ardem, por mais esta oportunidade de evangelização dos povos”.


Também participaram do 2º Congresso das Famílias Missionárias do Paraguai (FM), Randenclécio Xavier e Elaine Dantas, do estado de Rio Grande do Norte (Nordeste2 da CNBB) e que já caminham com as FM, há três anos, na diocese de Natal.

Temas
O Congresso foi idealizado por diversos temas voltados à Missão, todos relacionados às famílias e ao serviço, sendo que dois temas foram mais direcionados a realidades do Brasil.

Padre Aldo Bernal Chena, vice-diretor do Seminário Maior de Assunção, exorta que “as Famílias Missionárias devem ter na oração o sustento para suas atividades, clamando a presença do Espírito Santo, a fim de ir ao encontro dos irmãos afastados, lembrando que a Igreja não é para justos e SIM para os pecadores”.

Já o padre Osvaldo Duarte, diretor das POM do Paraguai em sua palestra sobre o kerigma, observou que “as famílias missionárias devem estar sempre alinhadas na oração, seja do casal, quanto em comunidade, pois em um momento de tempestade, o que dará força e discernimento para vencer as barreiras, será a oração, que jamais pode faltar”.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.