#FalaSério: Na Índia, mais de quinhentas mil crianças trabalham nos campos de algodão em condições perigosas


Continua crescendo o número de crianças que trabalha nos campos de algodão. De acordo com um estudo publicado pela Comissão Indio holandesa e pela Stop Child Labour, entidade privada, na Índia, se trata de 200 mil menores de 14 anos, idade mínima legal para trabalhar no país asiático. Espera-se que este ano o país se torne o maior produtor de algodão do mundo.

A Índia, que é um dos primeiros exportadores desta matéria-prima, espera produzir 6,63 milhões de toneladas desse material. Estão envolvidas nos campos cerca de quinhentas mil crianças, incluindo aqueles que legalmente podem trabalhar na faixa etária entre 14 e 18 anos.

Aqueles com menos de 14 anos representam 25% dos trabalhadores, enquanto 35% têm de 14 a 18 anos. É impressionante que o número de crianças envolvidas no trabalho do algodão na Índia tenha aumentado até 100 mil a mais que em 2010, declararam no estudo no qual se lê também que as condições nos campos continuam sendo mui to arriscadas e as crianças são exploradas.

FONTE: Agência Fides - 04/08/2015

Comentários