IAM da Prelazia de Lábrea realiza Encontro de Aprofundamento para Assessores


No dia 24 de julho, deu-se inicio ao Encontro de Aprofundamento Missionário para Assessores da Infância e Adolescência Missionária (IAM) na Paróquia Nossa Senhora de Nazaré da Prelazia de Lábrea (AM), sob a assessoria do Padre André Luiz de Negreiros, secretário nacional da IAM no Brasil.

O encontro iniciou às 18h no Centro Comunitário Santo Agostinho, situado na Travessa Nazaré, centro, s/n, e contou com a participação de representantes das Paróquias da Prelazia de Lábrea, sendo: Pauini, Canutama e Área Missionária Belo Monte, Tapauá e Lábrea, como também da Diocese de Humaitá (AM); Diocese de Ji-Paraná (RO) e Arquidiocese de Porto Velho (RO), num total de 59 participantes.

Inicialmente, Aline Galvão, articuladora da IAM na Prelazia de Lábrea, acolheu a todos com muita alegria e espontaneidade, apresentando também a programação do encontro.Em seguida passou-se a palavra para o bispo D. Jesus Moraza (OAR), o qual manifestou sua acolhida parabenizando a todos, e de maneira muito especial ao Pe. André por sua disponibilidade para servir e orientar na formação proposta, bem como deixou uma mensagem de ânimo para a missão, e finalizou abençoando o encontro.

Seguiu-se com a celebração da Missa de abertura, cuja liturgia foi preparada e animada pela equipe local e presidida por Pe. André em concelebração com o Frei Efrain Cervantes Zamura (OAR), da Paróquia de Tapauá. Durante a celebração, no momento do ofertório, entregou-se a coleta dos cofrinhos da IAM da Prelazia de Lábrea, num total de R$ 714,25.

Após a Missa a equipe de animação local coordenou a dinâmica de acolhida e apresentação onde todos os participantes se apresentaram individualmente. Em seguida, Pe. André falou sobre os objetivos do encontro e coordenou a divisão dos grupos de trabalhos em 05 de acordo com as cores dos continentes especificados nos crachás: amarelo-Ásia, branco-Europa, vermelho-América, azul-Oceania e verde-África.

Os grupos se reuniram a fim de preparem e organizarem suas tarefas no decorrer do encontro e após a oração de conclusão foi servido o jantar e em seguida todos foram para as famílias que os acolheram para descarem.

Sábado, (25), as atividades do encontro iniciaram com a oração da manhã conduzida pelo grupo da Ásia. Após, Pe. André trabalhou o primeiro tema do encontro: “Teologia prática infanto-juvenil” no qual afirmou que a criança é a protagonista, ela vai exercer a missão, e nós daremos o exemplo ensinando e motivando elas a fazerem, pois a IAM é o primeiro trabalho da igreja católica que dá o protagonismo à criança, ela que tem que aparecer.

Na explanação abordou-se sobre a Teologia da criança, como ela se comunica com Deus a partir de três passos, considerando que as orientações também cabem para os adolescentes e jovens, sendo: a base teológica, as matrizes e diretrizes pedagógicas educacionais, e ações práticas e metodológicas.

Após o momento de animação, Pe. André passou para o segundo tema de estudo:“Campanha Missionária-2015”, este ano sob o tema: “Missão é Servir” e o lema: “Quem quiser ser o primeiro seja o servo de todos” (Mc 10, 44). O objetivo da campanha é sensibilizar pessoas a respeito da missão, despertando vocações missionárias uma vez que somos missionários sempre.

Falou-se sobre a organização da Campanha Missionaria no Brasil e sobre os subsídios preparados como materiais para a Campanha, enfatizando a Novena Missionária e o DVD, que traz como reflexão no quinto dia a “Experiência dos pequenos” e no nono dia a “juventude”, fazendo referencia a IAM e JM.

Após o lanche os grupos se reuniram para realizarem um trabalho ainda referente ao primeiro tema. Cada grupo escolheu um coordenador e um secretário para redigir e apresentar as reflexões em plenário.

Passando para a explanação do terceiro tema: “Exploração sexual de crianças e adolescentes – A situação no Brasil: desafios e soluções”, o assessor introduziu o tema destacando que falaria de conceitos, causas, o que gera e o que nós podemos fazer para ajudar, uma vez que em nossa missão somos amigos de todas as crianças do mundo.

Após as colocações do tema, os grupos se reuniram para mais um trabalho de reflexão referente ao mesmo e em seguida os secretários apresentaram as reflexões e partilhas dos grupos em plenário.

Ao meio-dia foi servido o almoço no refeitório e em seguida reservou-se tempo para descanso. As 13h30min a animação do retorno foi por conta do grupo da América que coordenou 30 minutos de dinâmicas recreativas com os participantes.

Em seguida os participantes retornaram para o auditório, onde Pe. André falou que os trabalhos da tarde seriam construídos juntos.  Assim os grupos se reuniram mais uma vez para a atividade de fóruns, uma dinâmica de trabalho construído, para refletirem os questionamentos apresentados a partir da orientação dada para cada grupo, sendo: Ásia = criança; África = adolescente; Europa = jovem; América = família e Oceania = idoso.

Antes dos grupos se apresentarem, a coordenação acolheu e registrou a presença de Frei José Garcia, administrador paroquial de Lábrea, que foi saudado com uma salva de palmas. Em seguida os grupos apresentaram os resultados de suas reflexões a partir dos questionamentos a seguir: 1. Luzes: quais são os trabalhos realizados pela IAM e JM em nossa comunidade?; 2. Sombras: quais são as dificuldades encontradas pela IAM e JM em nossa comunidade?; 3. Esperanças: o que podemos fazer para aumentar o envolvimento de (crianças, adolescentes, jovens, família, idoso) em nossos trabalhos?


Dando continuidade aos estudos dos temas, Pe. André apresentou o roteiro básico de um encontro da IAM de acordo com as quatro áreas integradas, mediante os aspectos do ver, rezar, agir e celebrar na realidade da criança.

Seguiu intervalo para o lanche e após, dedicou-se tempo para partilha das experiências vivenciadas nas respectivas realidades, sendo: Arquidiocese de Porto Velho (RO), que foi apresentado pelo coordenador arquidiocesano da IAM Antônio Júnior; Diocese de Humaitá (AM), apresentado pelo coordenador Diocesano da IAM Silvio Carlos; Diocese de Ji-Paraná que foi apresentado pela assessora da IAM Nadir de Lima; e nas Paróquias da Prelazia de Lábrea, sendo: Pauini, que foi apresentado pelo coordenador paroquial da IAM Raimundo Rodrigues; Lábrea que foi apresentado pela coordenadora paroquial da IAM Bruna Beatriz; Canutama que foi apresentado pela assessora da IAM missionária Ana Maria Pereira; Tapauá que foi apresentado pelo assessor da IAM Fr. Efraim Cervantes; e Área Missionária Belo Monte que foi apresentado pelo coordenador da IAM Iranildo da Fonseca.

Antes de concluirmos as atividades da tarde, foram repassados alguns informes e lembretes sobre a atividade da noite, o Sarau Missionário. Concluiu-se às 17h30min com a oração que foi dinamizada pelo grupo da EUROPA.

As 19h30min realizou-se a noite recreativa do encontro com o Sarau Missionário onde os participantes puderam apreciar as seguintes apresentações: coreografia missionária do hino missionário amazônico, apresentado pelas Dioceses de Humaitá, Ji-Paraná e Arquidiocese de Porto Velho; coral missionário com o hino da IAM, apresentado pela Paróquia de Pauini; Teatro sobre a vida de Santa Terezinha do Menino Jesus, apresentado pela Paróquia de Canutama e a apresentação da poesia “Ode a IAM de Lábrea”, apresentada pela Paróquia de Lábrea. No término das apresentações foi servido o coquetel.

Domingo, (26) o encontro iniciou com a celebração da Eucaristia na Catedral de Lábrea junto com a comunidade paroquial. A celebração foi dinamizada pelo grupo da Oceania, e presidida por Fr. Efraim em concelebração com o Pe. André. Após a missa fez-se a foto oficial e os participantes se dirigiram para o local do encontro onde foi servido o café da manhã.

Dando inicio ao tema da manhã, Pe. André abordou sobre a Jornada Nacional da IAM, que alguns grupos já fizeram a experiência, e seria interessante que todos os grupos fizessem como sinal de unidade e por ser parte do carisma da IAM.

A 3ª Jornada Nacional da IAM celebra-se no último domingo de maio onde se assumiu em um ciclo de cinco anos o mesmo tema onde a cada ano só mudaria o continente celebrado, sendo este ano: “IAM da América a serviço da missão na Ásia”, e o lema: “Vocês são meus amigos” (Jo 15,14). Apresentaram-se orientações para se preparar a celebração da Jornada Nacional da IAM em cada realidade.

Após finalizarem as temáticas específicas da IAM, o padre dedicou parte da manhã para tratar do tema da JM que está celebrando 10 anos no Brasil e surgiu da IAM como uma necessidade de continuar a formação das crianças e adolescentes da mesma que chegam à idade da juventude, a partir de quatro passos refletindo a realidade da juventude no Brasil: escuta, encontro, seguimento e missão.

Em seguida, Aline coordenou o planejamento para 2016, questionando os participantes se realizariam o encontro no próximo ano e falando da necessidade do envolvimento de todas as paroquias para a realização do mesmo.


De acordo com o período das férias escolares, definiu-se a data de 30 de junho a 02 de julho de 2016 para ser proposta na assembleia nacional como data para encontro de aprofundamento da IAM na Prelazia de Lábrea. Seguiu-se a avaliação do encontro feita pelos grupos de trabalho, apontando os aspectos positivos, negativos e sugestões.

Antes da oração de envio, Aline agradeceu a disponibilidade do Pe. André e entregou-lhe uma lembrança em nome da prelazia, e a os representantes da diocese de Humaitá, Porto Velho e Ji-Paraná também lhe entregou uma lembrança artesanal regional. Após todos receberam uma lembrancinha do encontro.

Dom Jesus dirigiu aos participantes umas palavras de considerações finais quanto ao gesto de servir como forma de ser feliz. E em seguida o grupo da África, conduziu o momento da oração de envio no qual padre André e D. Jesus nos deram a benção e enviaram-nos em nome de Deus. Seguiu-se entrega de materiais para as paroquias da Prelazia e almoço de encerramento.

Marcelo Viana – COMIPA/Lábrea

Comentários