#FalaSério: Quase dois milhões de crianças centro-americanas são desnutridas


Na América Central existem mais de 2 milhões de crianças menores de cinco anos que sofrem de anemia, além de 1 milhão e 900 mil que sofrem de desnutrição. Foi o que emergiu recentemente durante a apresentação da Aliança para o Direito Humano à Alimentação na Nicarágua que faz parte do programa de Desenvolvimento PECOSOL-CONSUACCIÓN projeto para a Segurança Alimentar e Nutricional na América Central.

As crianças são o grupo mais vulnerável da população. Segundo dados da ONU, a nível mundial, cerca de 800 milhões de pessoas sofrem de desnutrição. Esta Aliança, atualmente presente na Costa Rica, é composta, entre outros, por representantes do Estado, Ongs e mundo acadêmico, e tenta assegurar o funcionamento do quadro jurídico em favor do direito à alimentação.

Além disso, promove a participação ativa dos cidadãos nas decisões públicas sobre o assunto, além de reforçar a consciência da população sobre os direitos à segurança alimentar e nutricional.

FONTE: Agência Fides - 16/07/2015

Comentários