Header Ads

#FalaSério: No Mali, três milhões de pessoas na insegurança alimentar, entre elas 715 mil crianças


Mais de 3 milhões de pessoas no Mali (um quinto da população) vivem em condições de insegurança alimentar, segundo as agências especializadas das Nações Unidas. A região mais crítica é o norte, onde as condições de segurança permanecem precárias inclusive depois da expulsão dos grupos jihadistas que tinham conquistado a região em 2012.

A guerra obrigou centenas de milhares de pessoas a fugir. Segundo os últimos dados da Onu, cerca de 136 mil refugiados nos países limítrofes e 90 mil deslocados internos voltaram para casa, mas centenas de milhares de pessoas ainda vivem nos campos de acolhimento.

Para tentar sobreviver, segundo a Fao, de 10 a 15% da população do Mali foi obrigada a pedir dinheiro emprestado, a vender o gado ou a se envolver em atividades ilícitas. Entre os mais atingidos, muitos são menores: de acordo com a coordenação da Onu para a ação humanitária (OCHA), no norte do país 715 mil crianças com menos de cinco anos sofrem de graves formas de desnutrição.

FONTE: Agência Fides - 09/09/2015

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.