Header Ads

#NovenaMissionária: 7º Dia - Vida Consagrada na Igreja


O papa Francisco proclamou 2015 como o Ano da Vida Consagrada, com o tema “A Vida Consagrada na Igreja hoje: Evangelho, Profecia e Esperança”. É um tempo de graça para todos os consagrados e consagradas voltarem-se à origem dos carismas específicos das congregações e atualizá-los, segundo os critérios do Evangelho. Na riqueza dos carismas, a Vida Religiosa mostra ao mundo a alegria interior de pessoas que encontraram em Cristo a verdadeira esperança. Entre os mais de 2.000 missionários e missionárias brasileiros no exterior, cerca de 90% pertencem à Vida Religiosa Consagrada, em especial, feminina.

Em sua carta às pessoas consagradas, o papa Francisco lembrou que, desde o início da vida dos monges e o que segue depois, o essencial está em fazer uma adesão completa a Jesus Cristo ao ponto de afirmarem, como São Paulo: “Para mim, o viver é Cristo” (Fl 1, 21). Em dois mil anos, inúmeros cristãos sacrificaram a vida para permanecerem fiéis a Cristo, muitos deles foram pessoas de Vida Religiosa Consagrada. Nomes conhecidos como Irmã Dorothy, Irmã Adelaide, padre Ezequiel Ramin, Padre Josimo, ou anônimos, todos são fermentos do Reino. E mesmo pregados em uma cruz, os mártires são fermento do Reino e produzem frutos para a vida eterna.

A Vida Consagrada mostra ao mundo que existem mártires também da caridade, de um “martírio cotidiano” que nem sempre passa pelo sangue, mas pela lógica de Jesus, do amor-serviço, da doação. Não dá para conceber a consagração a Deus para a missão sem entender o martírio como fidelidade. A Igreja não precisa de mártires pelo sangue, mas primeiramente de pessoas fiéis à sua missão. As suas vidas já foram doadas no momento de sua consagração e enquanto houver esse martírio, a fidelidade a Cristo, haverá credibilidade, profecia e esperança.

Preces
- Pelas Congregações, Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, para que fiéis ao carisma sejam no mundo sinal de profecia e esperança, rezemos.
- Pelos irmãos e irmãs religiosas em missão além-fronteiras, em especial em situações de risco para que permaneçam fiéis ao mandato de Jesus.
- Pelos consagrados e consagradas comprometidos com as grandes causas: indígenas, quilombolas, sem-terra, sem-teto, migrantes e todos aqueles que se encontram à margem da sociedade, para que sejam presença de Deus misericordioso, rezemos.

Oração do Mês Missionário
Pai de infinita bondade, que enviaste Jesus Cristo para servir, ilumina, com o teu Espírito, a Igreja discípula missionária para testemunhar o Evangelho a partir das periferias e, com a proteção de Maria servidora, manifestar o teu Reino em todo o mundo. Amém.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.