Congresso cria Comissão para articular os Conselhos Missionários de Seminaristas


Os participantes do 2º Congresso Missionário Nacional de Seminaristas aprovaram, na tarde deste sábado, 11, a criação da Comissão Nacional de Articulação dos Conselhos Missionários de Seminaristas (Comises). A proposta veio dos grupos de trabalho realizados ontem, 10, no prédio 14 da PUC-Minas.

Para concretizar a proposta, os coordenadores de 27 Comises e seis Conselhos Regionais se reuniram e indicaram um representante de cada Região do país. Os nomes foram unanimemente referendados pelos congressistas.

Para coordenar a primeira Comissão Nacional, foi indicado o seminarista da arquidiocese de Mariana (MG), João Luiz da Silva (Região Sudeste). A vice-coordenação ficou com Marco Antônio, da diocese paranaense de Jacarezinho (Região Sul). Carlos de Souza, da diocese de Formosa, no estado do Goiás (Região Centro-Oeste), foi escolhido para o cargo de secretário. Responsáveis pela comunicação foram aprovados os nomes de Anderson Pereira, da diocese maranhense de Pinheiro (Região Nordeste) e Josinaldo da Silva, da diocese de Coari, no estado do Amazonas (Região Norte).

João Luiz agradeceu aos congressistas a escolha de seu nome para coordenar a Comissão e falou de sua expectativa com esse novo órgão criado para animar a vocação missionária dos seminaristas. “O desejo nosso é que o Comise seja presença em todas as dioceses do Brasil. Que todos os congressistas sejamos protagonistas em nossas dioceses desse objetivo”, disse João Luiz.

Segundo o secretário nacional da Pontifícia União Missionária e coordenador do Congresso de Seminaristas, padre Jaime Patias, a Comissão terá como tarefa ajudar na articulação dos Conselhos Missionários nos seminários do Brasil. Ele gostou e aprovou a iniciativa dos seminaristas. “Esta iniciativa, que partiu dos próprios seminaristas mostra que eles estão decididos a avançar no processo de formação missionária mais consistente nos seminários. Isso facilita nosso trabalho feito nos Regionais da CNBB”, avaliou padre Jaime.

Outras propostas
Os congressistas pediram também que se intensifique a criação de Comises nas dioceses que não os têm; continuar a formação missionária de seminaristas e reitores, realizar experiências missionárias durante a formação e trabalhar de forma articulada com os demais organismos missionários locais e regionais.

Uma carta-compromisso ainda será aprovada e divulgada pela organização do Congresso que termina amanhã, 12, com uma missa às 11h na Serra da Piedade, em Caeté (MG). A missa será precedida por uma caminhada de 3 km.

Acompanhe a cobertura completa no site das Pontifícias Obras Missionárias (POM): http://www.pom.org.br

Comentários