Bate-latas marca fundação de novo grupo da Infância Missionária na Arquidiocese de Goiânia


Grupos da Infância e Adolescência Missionária (IAM) de três paróquias: Santa Genoveva, do Setor de mesmo nome; São Sebastião, do Jardim América e Sagrado Coração de Jesus, da Vila Nova, em Goiânia, celebraram, dia 28 de agosto, a fundação do grupo da IAM na Paróquia Cristo Redentor, da Vila Redenção.

Munidos de latas coloridas com as cores dos cinco continentes, crianças e adolescentes de 1 a 14 anos de idade, acompanhados dos assessores e pais, entraram em procissão na missa presidida pelo pároco, padre Félix Pinelli. “É com muita alegria que fundamos nosso grupo da Infância Missionária aqui na paróquia e desde já convidamos todos a participarem ou trazerem seus filhos, sobrinhos e netos para somarmos na missão de evangelizar”, disse. Referindo-se ao Evangelho do dia, o padre também convidou todos à humildade, a esforçar-se para deixar o egoísmo e a não buscar os primeiros lugares (Lc 14,1.7-14).

Durante a homilia, André Inácio Neves, da coordenação arquidiocesana da IAM, explicou o carisma da obra pontifícia missionária. Após a missa, todos bateram latas e rezaram o terço missionário em procissão pelas ruas da Vila Redenção. “Pelo terço missionário nós lembramos o sofrimento das crianças no mundo inteiro e batemos latas para motivar e despertar para o ardor missionário”, explicou a coordenadora arquidiocesana, Edna Moreira.

O grupo da IAM na Paróquia Cristo Redentor se reunirá todos os domingos, no Centro Pastoral Papa Francisco, a partir das 9h30.

Atualmente a Arquidiocese de Goiânia conta com mais de dez grupos.

Fotos e reportagem: Fúlvio Costa


Comentários