Header Ads

Arquidiocese de Mariana (MG) investe na formação de assessores da IAM


A Infância e Adolescência Missionária (IAM), da arquidiocese de Mariana (MG), realizou mais um Encontro de Formação para Assessores (EFAIAM). A formação reuniu nos dias 15 a 17 de setembro, na Casa de Retiros Nossa Senhora da Alegria, em Ouro Preto, 30 novos assessores, além de colaboradores.

O EFAIAM tem como objetivo oferecer formação básica aos assessorares de novos grupos de IAM, a fim de que tenham mais segurança para realizar o trabalho como pede o Documento de Aparecida: “valorizando a capacidade missionária dos meninos e das meninas, que não só evangelizam seus próprios companheiros, mas que também podem ser evangelizadores de seus próprios pais” (DA 441).

“Na IAM as crianças desenvolvem não apenas o seu lado espiritual, mas também social e intelectual, além de melhorar seu relacionamento familiar”, disse o seminarista passionista, André, que foi uma criança membro da IAM, na arquidiocese de Belo Horizonte.

O encontro começou com uma Via Sacra pelas ruas da Vila Samarco, quando se fez uma reflexão sobre as dores das crianças e adolescentes no mundo. Os participantes ficaram encantados com a desenvoltura de duas crianças, a Luiza e a Isadora, que, juntas, falaram sobre o Cofrinho da IAM. Wenildes Martins, coordenadora da IAM na paróquia Sagrado Coração de Jesus, de Mariana, falou da importância de seguir a metodologia e o carisma da IAM. Eles são a identidade da Obra.

As palestras foram proferidas durante o sábado. O domingo, pela manhã ficou reservado a uma partilha do que foi apresentado no V Congresso Mineiro da IAM, em Três Corações, ressaltando Maria como modelo do missionário, por ser sempre fiel à vontade do Pai e estar sempre atenta às necessidades dos que sofrem.

Foram abordados também alguns pontos do 4º Congresso Missionário Nacional, enfatizando a importância do leigo que, a partir do encontro pessoal com Jesus Cristo, se enche de alegria e se sente impulsionado a levar a Boa Nova aos outros. “O leigo precisa entender que é sujeito da ação evangelizadora e as fábricas, os escritórios, o comércio, as escolas, as famílias são campos privilegiados de sua missão”, afirmou Iva Fernandes, coordenadora arquidiocesana da IAM.

Considerando a proposta de uma Igreja em saída, sendo sinal da alegria da presença de Cristo, os participantes saíram em caminhada até o Santuário de Nossa Senhora da Lapa, repetindo o que fazia Jesus que sempre se colocava a caminho para encontras as pessoas.

Após celebrar com a comunidade local, o encontro encerrou com um almoço ao ar livre, diante das maravilhas de Deus, que fazem do Santuário um lugar de louvor à Criação.

com informações da IAM de Mariana (MG).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.