About Me

header ads

Mês Missionário Extraordinário no Timor Leste: no centro da missão a Palavra de Deus


Em particular, os Jesuítas, com uma presença estável em Timor-Leste e diversas atividades no campo da educação, convidaram os católicos a ler a Bíblia, conforme referiu à Agência Fides o Padre Joaquim Sarmento, Superior Regional dos Jesuítas em Timor-Leste.

Ler a Bíblia nas famílias
"Encorajamos os fiéis a lerem diariamente a Bíblia em família, para tomar consciência e aprofundar cada vez mais a sua missão e conceber a obra missionária à luz da Sagrada Escritura” – sublinhou o Padre Sarmento.

Refletir sobre as raízes da fé católica
No Mês Missionário Extraordinário, os fiéis foram convidados a "refletir sobre as raízes da fé católica em Timor e a promover os valores evangélicos na cultura desta nação". Nos seminários bíblicos e missionários organizados em diversas paróquias, durante o Mês Missionário, o Padre Sarmento destacou três elementos importantes das raízes da fé dos católicos em Timor-Leste: a Sagrada Escritura, o Magistério e a Tradição.

Durante os seminários, os jovens foram encorajados a "serem mais ativos na sua vida para fazer o bem, promover a espiritualidade e também manter distância conflitos e problemas". Com a sua vida de pessoas moral e espiritualmente fortes, "os jovens contribuirão para a prosperidade e a paz do país", disse ainda o Padre Sarmento.

“Batizados e enviados” 
Tiveram também lugar encontros e seminários bíblicos na Universidade da Paz (UNPAZ), dirigida pelos Jesuítas, e na Universidade Oriental Timor Lorosa (UNITAL), e muitos jovens e estudantes timorenses participaram "com alegria e entusiasmo", disse o Padre Sarmento. Em particular, na paróquia de Railaco, os grupos juvenis, sensibilizados sobre o tema do Mês Missionário "baptizados e enviados", viveram "uma experiência de fortalecimento da motivação e do encorajamento na expressão dos seus pensamentos e talentos", graças às orientações do pároco, Padre Joseph Phoung, SJ.

O empenho das jovens gerações 
 No especial "Festival Paroquial", vivido nos últimos dias em Railaco, notou-se que "a prosperidade e a paz do país dependem das jovens gerações, ansiosas de participar em algo maior, e oferecem a sua vida e energias para anunciar ao próximo o Evangelho de Cristo".

FONTE: Vatican News

Postar um comentário

0 Comentários