Header Ads

Rumo a 5ª Jornada Nacional da IAM - Seguir Jesus na Oceania


A Oceania é o continente mais pequeno do planeta Terra. O seu nome foi atribuído pelo explorador francês Jules Dumont d’Urville, para indicar que é mais mar do que terra, pois engloba milhares de ilhas dispersas pelo oceano Pacífico.

Situado entre a Ásia, a América do Sul e o Pólo Sul, o Continente Azul é um mosaico de povos e culturas. Para isso contribui a sua natureza insular. Cada ilha tem fauna e flora próprias e únicas e cada povo desenvolveu hábitos e tradições singulares.

Os primeiros habitantes chegaram por mar há cerca de 40 mil anos, indo do sudeste asiático. Depois, houve migrações entre ilhas. A partir de 1500, chegaram os navegadores: portugueses, espanhóis, ingleses e franceses. No século XX, alemães, norte-americanos e japoneses estendem o seu domínio a estas terras. Até que a independência de Austrália e Nova Zelândia abriu caminho aos demais Estados.

Igreja na Oceania
O Cristianismo é a religião maioritária na Oceania. Os cristãos são católicos ou anglicanos. Dos 32 milhões de habitantes do continente, os católicos são perto de dez milhões. Há 80 dioceses e, nestas, 135 bispos. Existem 2421 paróquias e 4800 padres. As freiras são 8654 e os frades são 1373.

A missão da Igreja na Oceania têm uma característica muito própria, relacionada com a transformação da sociedade: o combate à pobreza, a sensibilidade ecológica e a defesa da vida, mais concretamente dos sistemas de biodiversidade próprios do oceano Pacífico. Os bispos oceânicos afirmam que as Igrejas locais são «guardiãs do Pacífico».

São Pedro Chanel, nascido em França e missionário na Oceania, é o padroeiro do continente. Outro santo missionário que entregou a vida nas suas ilhas é o padre Damião de Veuster. Nascido na Bélgica, morreu leproso entre os leprosos na ilha de Malokai, do Havai. E um terceiro missionário mártir foi o padre italiano Juan Mazzuconi, decapitado por ódio à fé católica. Um santo nascido na Oceania, na Papua-Nova Guiné, é Pedro To Rot, catequista casado, assassinado pelos japoneses na 2ª Guerra Mundial.

FONTE: Audásia

Um comentário:

  1. Pela vossa Santa Infância ó Jesus, compadecei-vos das pobres crianças que não vos conhecem... na Oceania e no mundo inteiro!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.